Sindicato dos Trabalhadores
e Trabalhadoras 
em Telecomunicações
de Pernambuco

Speed Mais: Acordo Aprovado

Na última quarta-feira (03), duas assembleias decisivas marcaram o rumo dos trabalhadores da SPEEDMAIS, culminando na aprovação do Acordo Coletivo de Trabalho para o ano de 2024. Com uma participação expressiva, os votos foram contados e a maioria esmagadora optou pelo “Sim” ao acordo.

Os números falam por si: 92% dos/as trabalhadores/as endossaram o acordo, demonstrando uma forte coesão e apoio à proposta apresentada. Por outro lado, 7% dos votantes optaram pelo “Não”, enquanto apenas 1% se absteve da votação.

Além disso, um ponto crucial diz respeito à contribuição assistencial dos não associados à instituição. Aqueles que desejarem se opor ao desconto devem entregar uma carta de recusa na secretaria do sindicato até a próxima quarta-feira, dia 10.

A decisão expressiva dos/as trabalhadores/as reflete não apenas o engajamento de todos/as, mas também a busca por condições de trabalho mais justas e satisfatórias. O Acordo Coletivo de Trabalho é resultado de negociações e representa um passo significativo para o bem-estar e a estabilidade de todos os envolvidos na SPEEDMAIS.

Veja abaixo os principais itens:


• reajuste acima piso salarial de 5 %, retroativo a janeiro de 2024 (diferença será paga como abono na folha de abril 2024);
• vale transporte passará a ser pago em dinheiro;
• auxílio creche reajustado em 5% para homens e mulheres com filhos até 4 anos e 6 meses;
• auxílio alimentação reajustado em 5%, retroativo a janeiro será pago em maio;
• para o associado do sindicato, a folga no dia de aniversário (happy day) em caso dele ocorrer no final de semana ou feriado a folga ocorrerá em outro dia dentro do mês de aniversário;
• em caso de rescisão do contrato de trabalho as homologações ocorrerão sob a supervisão do sindicato;
• desconto de 3% do salário em favor do sindicato para os não-associados (divididos em 1% em maio, 1% em junho e 1% em julho);
• manutenção de todas as demais cláusulas constantes no atual acordo coletivo de trabalho.
OBS: Em janeiro a empresa já efetuou um reajuste de 6,7% no piso salarial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisa de ajuda? Fale conosco